7 dicas de como comprar um Fusca

Antes de comprar um fusca você deve primeiro verificar qual a sua intenção com o novo fusca. Ele será para seu uso? Será uso diário ou apenas fins de semana? Se não pretende usa-lo, fará a compra para ganhar dinheiro com a revenda? pretende restaurar? Placa preta ou Customização?

1.Defina sua meta e forma de “ataque”

Fusca original decada de 70

Então você viu as vantagens de se ter um fusca e decidiu compra-lo. Independente de seu interesse acredito que o mais importante é gastar o mínimo possível. Claro, sempre pensando no futuro, nuca sabemos o que vai acontecer daqui há um ano, dois ou três. Mesmo não querendo você pode se ver obrigado a vender o seu xodó, e se isso acontecer que você não tenha muito prejuízo.

Preço é o mais importante para você?

Coloque sempre algo em mente, normalmente em um carro antigo você gasta mais do que recebe de retorno quando vende. Exemplo: comprou um carro de R$ 5 mil e então gastou R$ 4 mil para deixa-lo nos conformes. Na venda terá sorte se conseguir R$ 6 mil ou 7 mil.

O mais difícil em se comprar um fusca é saber se o que se o preço anunciado vale a pena. Você pode ver um fusca 69 sendo vendido por R$ 8 mil na capital por um membro de um clube e ver um outro 69 em condições semelhantes sendo vendido a R$ 2.500 no interior por seu terceiro ou quarto dono. Essa situação está cada vez mais rara. mas ainda existe.

Faça seu orçamento

Então é necessário saber quanto se tem para gastar antes de ir a rua. Analise também quanto terá para manutenção do fusca. Nos primeiros meses você pode ficar ansioso e gastar mais do que devia. Descubra em qual faixa de preço está o Fusca que gostaria de comprar. Um fusca 1981 definitivamente não está na mesma faixa de preço de um 1961, embora você encontre os dois sendo vendidos por R$ 4 mil. Garanto que o 1981 deve ser o melhor negócio nesse caso.

2. Não se afobe para comprar o fusca

não se afobe para comprar um fuscaUma boa dica é ter paciência. Não ache que vai comprar o fusca dos seus sonhos por um ótimo preço no primeiro fim de semana que procurar por ele. Pode até acontecer mas é muito difícil.

Se não está a procura do seu carro do dia a dia, você pode ter mais calma. Coloque em mente que está sempre aberto a bons negócios, uma hora ou outra aparece. Depois que você comprar o carro pode ter uma surpresa. Na semana seguinte pode encontrar outro muito melhor e mais barato.

Em contra partida você pode perder uma boa compra do fusca dos seus sonhos. Ser muito devagar e descompromissado também não é uma boa ideia. Mesmo assim é muito melhor ter perdido um bom negócio do que comprar algo que se arrependa mais tarde. Deixar de ganhar é melhor que perder nesses casos.

3. Onde procurar?

procure nos classificadosBoca a boca é sempre bom, mas pode te fazer perder tempo. Se tempo não for o problema, ótimo.

Use o Facebook, blogs e fóruns de carros. Use a frase: “estou comprando um fusca se alguém souber me avise”.

Se você não for usuário de internet, tente sempre adicionar esse papo em rodas de amigos. As vezes você acha um bom negócio em uma sexta a noite em uma mesa de amigos numa rodada de chopp.

Enquanto estiver na rua fique atento aos fusquinhas parados com placa de vendo e mais atento ainda aos que não tem placa de venda. Bairros mais humildes são mais aconselháveis. Um fusca a venda na praia do Leblon-RJ pode até ser bom negócio mas em Cascadura-RJ você pode achar uma pérola.

Feiras são boas, mas é necessário um certo cuidado aqui. Em feiras tem muitos fuscas que não valem a compra e estão maquiados. Já os que vão sem lavar para feiras e ficam mais escondidos, fora da muvuca, são mais recomendados. São aqueles com donos mais despretensiosos, e normalmente são os melhores veículos. Chegue cedo, aborde rápido o vendedor antes que um outro comprador o faça.

Em anúncios da internet , que são uma praga, fuja de:

  • “raridade”
  • “totalmente original”
  • “de colecionador”,

prefira os:

  • “antigo”
  • “muito original”
  • “na família há 25 anos” e coisas do gênero.

Não ache que vai comprar uma joia rara de um cidadão que se diz colecionador. Colecionadores não vendem seus carros e quando vendem eles escolhes os compradores. Dessa forma que os carros ficam sempre por perto e que no futuro os colecionadores podem comprar de volta.

Não existe carro “totalmente original” e se existir não está a venda. O mesmo vale para anúncios em jornal.

Outro bom lugar para se comprar um fusca a venda na Internet é em Fóruns, Comunidades, e Grupos. Aqui o trabalho é árduo mas compensa. Você pode ficar sabendo do histórico do carro vendo o que o dono falou dele no passado, antes mesmo dele querer vender. Na maioria das vezes os preços não são os melhores, mas você acha maravilhas dessa forma

4. Se prepare para o encontro

faça uma lista de itens antes de ir comprar um fuscaApós o contato telefônico com o vendedor e antes de ir ver um carro pessoalmente, estude o carro.

Se tiver visto fotos dele, tente decorar os seus detalhes. Já fui ver uns carros que em foto era uma coisa e na hora era outra, ou seja, foto antiga.

Uma coisa que eu sempre faço é ir com o anuncio salvo no celular, eu posso checar na hora e verificar que os retrovisores foram trocados que os pneus são outros etc.

Estude também o ano do Fusca. Como todos nós sabemos os Fuscas tem suas peculiaridades, e cada ano tem seus segredos nenhum deles é 100% oficial ou 100% verdade mas sempre tem aqueles detalhes que mata uma compra. Ex: “opa, esse vinco aqui é característico do 75 e o carro é um 71″ “opa, se isso aqui não é original isso aqui também não deve ser”. Esses exemplos podem indicar fuscas com carroceiras trocadas. É comum achar um fusca com chassi da década de 60 e carroceira de 70, isso perde muito valor se sua intenção é originalidade.

Estude em casa todos os itens que pretende checar no fusca a venda, crie uma lista na sua memória em ordem de importância. Não leve em papel use o celular discretamente. Veja cada item e vá avaliando a possibilidade de não compra-lo.

Exemplo de itens a se verificar:

  • prefixo correto código do chassis,
  • prefixo correto do código do motor,
  • tonalidade correta da cor, conferir esses códigos no documento,
  • peculiaridades da carroceria, etc

Estude também o valor de mercado desse fusca, quanto custa um fusca desse inteiro, estou pagando muito caro? Devo pedir quanto de desconto?

5. Analise o vendedor

cuidado com os vendedores picaretas

Durante a compra faça uma analise do vendedor, é importantíssima essa dica. O vendedor está o tempo todo te analisando e vendo se você tem condições de pagar o que ele vai pedir. Cuidado!

As vezes demonstrar alto conhecimento pode ser encarado como ofensa ou como prepotência, assim o vendedor pode ficar com pé atras. Se coloque no lugar do vendedor, você venderia um carro para alguém que parece saber que seu carro vale mais do que você está pedindo?

Tente verificar o perfil do vendedor, ele é “falador” gosta de contar histórias? Seja o melhor ouvinte não tente inventar histórias mais interessantes que as dele.

O vendedor é mais contido? cuidado ele está te analisando, quem fala menos tende a ser mais observador e ele pode estar mentalmente subindo o valor do carro enquanto você fala como um tagarela.

O vendedor tem uma relação de carinho com o carro dele? o carro já tem nome? o carro é da família? bem nesse caso seja qual for suas intenções com o carro , diga que vai cuidar bem dele e não pretende corta-lo e customizar demais.

Importantíssimo, esse vendedor é do tipo maquiador? Ele parece fazer isso toda semana? Vender carro para ele é normal ou é uma obra do acaso? Ele é um vendedor profissional?

Nunca tire sarro das gambiarras que estão no carro, além de ser falta de educação o dono pode ser ofender. Também não menospreze o carro, falar mal do carro dos outros pega mal. A dica aqui é verificar para que lado o vendedor leva o papo e siga com ele.

6. Defina bem as suas condições para fechar negócio

antes de comprar um fusca avalie o carro no mecanicoImpor condições claras para fechar negócio é uma boa. Tente colocar condições quando o negócio já estiver quase fechado, o preço acertado. Quando só faltar pagar e assinar, ai sim comente das condições caso queria.

Uma boa ideia é dizer: “posso levar o carro para avaliação de um mecânico e lanterneiro?”. Com o negócio quase fechado o vendedor não tem como se recusar. É importante tentar marcar de ver o carro dia de semana, é mais fácil de achar uma mecânico nas redondezas.

Pague o mecânico pela avaliação de motor e caixa e o lanterneiro pela avaliação superficial de lataria, chassis e alinhamento.

Você pode fazer tudo na presença do vendedor. Se encontrarem algum problema simples que não tenha sido mencionado pelo vendedor, pergunte pro mecânico quanto ele cobra para acertar. Tente barganhar mais um desconto ali mesmo com o vendedor. Não seja mercenário, mas sempre se consegue mais um desconto assim.

Outra condição é passar antes no banco e verificar as multas e condições da documentação, além é claro de verificar se o carro é produto de roubo , hoje em dia é possível fazer isso com o celular.

7. Controle-se na hora da compra

só feche o negócio se for bom para vocêPode parecer estranho mas as vezes algumas pessoas acabam comprando um carro por ter sentido algo durante a visita, “foi amor a primeira vista”. Só pense realmente em comprar o fusca se ele passar em seus critérios técnicos, se controle e não se afobe em fechar logo um negócio que parece ser bom.

As vezes a ansiedade de comprar aquele carro que sempre sonhou pode trazer prejuízo financeiros no futuro. Um problema grave pode ter sido considerado por você algo insignificante. então Cuidado!

O contrário também acontece, você pode inventar problemas no carro porque seu sub-consciente não quer que você compre. Pode até ser um bom negócio mas você está em um dia ruim ou não gostou do vendedor . Mas como eu disse deixar de fazer um bom negócio não é tão ruim se comparado com fazer um péssimo negócio.

Comprei e agora?

Comemore, mas não antes de fazer uma bela avaliação do carro em uma mecânica de sua confiança. Siga suas metas definidas na dica 1 e bola pra frente. Se percebeu que fez uma péssima compra, verifique se vendendo do jeito que está é melhor do que mandar consertar. As vezes passar um carro cheio de problemas é melhor que consertar para vender. Só tente não se tornar um vendedor maquiador, por favor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *